Pages

quarta-feira, 4 de maio de 2011

UM POEMA EM CADA ÁRVORE. UMA SEMENTE A SER PLANTADA!


Um poema em cada Árvore. Uma semente a ser plantada!

O que se pode dizer de uma iniciativa tão inovadora e no mínimo inusitada em prol da produção literária, a democratização do acesso aos bens culturais e popularização da poesia? Pois é, sei que não faltariam adjetivos nem conceitos para tal iniciativa e as especulações seriam as mais diversas, sobretudo as polemicas teriam um vasto conteúdo para alimentarem-se. Como já citado a iniciativa é no mínimo inusitada e com toda certeza chama bastante à atenção.

Uma promissora idéia simples que nasceu em Governador Valadares/MG e vem ganhando notoriedade e adeptos de todo o Brasil.

O projeto consiste na publicação informal voluntária e autorizada de poemas de autores desconhecidos do grande público que são impressos e pendurados em árvores de praças, ruas, avenidas e calçadões da cidade. Uma idéia simples que começou em agosto de 2010 a partir de iniciativa do poeta Marcelo Rocha e já conta com a participação de poetas de diversas cidades do Brasil.

A participação é tão simples quanto o próprio projeto, podendo contribuir toda e qualquer pessoa com textos em versos da própria autoria. O Instituto orienta que o os trabalhos sejam remetidos ao e-mail institutopsia@hotmail.com e este deverão estar digitados no Word utilizando o padrão de fonte ”Arial”, tamanho 16. Os textos enviados são lidos e avaliados pela coordenação do projeto e selecionados conforme qualidade literária e adequação ao público e de acordo à avaliação, voluntários do Instituto Psia fazem a instalação dos poemas nas árvores.

Durante as várias e bem sucedidas edições do projeto, não foram poucas as participações e valorosos os nomes inscritos de diversos estados , dentre os quais os dos poetas Valdeck Almeida de Jesus, Leandro de Assis, Fau Ferreira, Leandro Flores, Malú Ferreira, Dante Barbosa, Antônio Luiz Cazumbá, Alice Daniel, Laerte Lopes, Larissa Santiago, Carolina Takahashi, Eliana Wissman, Eurípedes Barbosa, Inaiá Simões, Jarbas Almeida, Jessé Ribeiro, José Carlos Gueta, Maurício de Oliveira, Michele Carneiro, Néri França, Paulo Nery, Ricardo Santos, Marcelo Rocha, Sandro Nonato, Simone Moura e Mendes. Uma parceria quem vem dando certo! Este é o conceito mais adequado para um projeto sui generis e tão polivalente como este, que tanto agrega ao universo literário nacional e porque não dizer internacional.

Para dirimir qualquer resquício de dúvidas entre os participantes acerca dos direitos autorais, Instituto procura salientar que a participação no projeto é voluntária e não haverá pagamento de direitos autorais. Todo o material enviado poderá ser reproduzido na internet, no blog e Flickr do Instituto Psia.

Iniciativas honoríficas como Um poema em cada árvore” ou congêneres devem ser propaladas ao mundo, especialmente pela sua coletividade, sua seriedade e pelo empreendedorismo facilmente observado. Fica, portanto aberto o convite parra todos quantos queiram disseminar essa idéia.

1 comentários:

dinaaciganinha disse...

Pinho,
Parabéns pelo espaço, de muito bom gosto , rico em informações.
Parabéns pela brilhante idéia do poeta Marcelo Rocha, uma forma de despertar nas pessoas a leitura tão relegada e ao mesmo tempo divulgar a poesia.

Gostei muito de conhecer seu trabalho!

Fraterno abraço!

Postar um comentário

Agradeço o seu comentário e estimo a sua volta!